Cuidados necessários no transporte de materiais elétricos sensíveis

Cuidados necessários no transporte de materiais elétricos sensíveis

Materiais elétricos sensíveis são componentes ou dispositivos eletrônicos altamente suscetíveis a danos ou mau funcionamento devido a condições ambientais, estáticas ou elétricas.

A sensibilidade desses materiais se dá por flutuações de voltagem, correntes elétricas, umidade, poeira, campos eletromagnéticos, descargas eletrostáticas (ESD) e outras condições adversas.

Alguns exemplos de materiais elétricos que podem ser considerados sensíveis são componentes eletrônicos (circuitos integrados – chips, microprocessadores, memórias RAM), dispositivos semicondutores, componentes de placas de circuito impresso (resistores, capacitores, diodos), dispositivos de exibição eletrônica (telas LCD, LEDs), sensores e instrumentos de medição, equipamentos médicos eletrônicos e componentes de automação industrial.

Estes insumos são utilizados em uma variedade de setores, como eletrônica, telecomunicações, indústria automotiva, aeroespacial, médica e muitos outros.

Porém, é importante manusear e armazenar os materiais com extremo cuidado para evitar danos causados por fatores ambientais ou elétricos, garantindo assim que seu desempenho seja correto e confiável.

Principais desafios na hora de transportar materiais elétricos sensíveis e como contorná-los

Por causa de sua sensibilidade e fragilidade, existem alguns desafios na hora de transportar materiais elétricos, como:

Materiais elétricos

Danos por ESD (Descargas eletrostáticas): manusear componentes eletrônicos sensíveis sem a devida proteção contra ESD pode causar a descarga de eletricidade estática para esses materiais, danificando os circuitos internos e levando a falhas prematuras;

Degradação de componentes: a exposição a ambientes com altas temperaturas, umidade ou poeira pode causar a deterioração dos componentes eletrônicos sensíveis, resultando em falhas prematuras ou redução da vida útil;

Controle de temperatura e umidade

Corrosão: o armazenamento inadequado em ambientes úmidos ou expostos à corrosão pode levar à oxidação dos contatos e componentes metálicos, o que afeta a conexão elétrica e pode levar a falhas de contato;

Variações de temperatura e umidade: flutuações extremas de temperatura e umidade podem afetar o funcionamento de componentes sensíveis, causando problemas de desempenho e estabilidade;

Mau transporte: o transporte inadequado de materiais elétricos sensíveis pode causar danos físicos, como quebra de componentes ou deslocamento de peças, impactando sua funcionalidade.

→ Entretanto, existem também maneiras de contornar os problemas e proteger os materiais, como:

Treinamentos: treine os funcionários que lidam com materiais elétricos sensíveis sobre os riscos e a importância de manuseá-los corretamente;

Proteção ESD para materiais elétricos sensíveis

Utilização de Equipamentos de Proteção ESD: forneça e exija o uso de equipamentos de proteção contra ESD, como pulseiras e tapetes anti estáticos, para evitar descargas acidentais durante o manuseio;

Armazenamento adequado: armazene os materiais elétricos sensíveis em ambientes controlados, com temperatura e umidade adequadas, e protegidos contra poeira e outras impurezas;

Embalagem apropriada: utilize embalagens adequadas para proteger os materiais durante o transporte e o armazenamento, evitando danos físicos e contaminação;

Controle de acesso de materiais elétricos sensíveis

Controle de acesso: restrinja o acesso aos materiais apenas a funcionários autorizados e conscientes dos cuidados necessários;

Auditorias e inspeções: realize auditorias regulares para garantir que as práticas de manuseio e armazenamento estejam sendo seguidas corretamente;

Investimento em infraestrutura: invista em infraestrutura adequada, como sistemas de controle de temperatura e umidade, para garantir o armazenamento seguro dos materiais.

Grupo Emtel

A Emtel, grupo empresarial especializado em transporte, logística e gestão de frotas, está há 30 anos facilitando a vida de empresas e profissionais das mais diversas áreas ao terceirizar o processo de transporte de materiais, mercadorias e insumos.

Ao terceirizar o transporte de materiais elétricos sensíveis com o Grupo Emtel, sua empresa pode desfrutar de uma série de benefícios, como profissionais altamente capacitados para lidar com a fragilidade das cargas, redução de custos operacionais a médio prazo e escalabilidade nas suas operações.

Se você busca soluções eficazes de logística, transporte ou gestão de frotas para sua empresa, entre em contato com o Grupo Emtel hoje mesmo.

Para conhecer mais sobre a empresa e seus futuros projetos, acesse o site www.grupoemtel.com.br e acompanhe todas as iniciativas e novidades também pelo Linkedin, Instagram e pelo blog, Logística & Mobilidade.

Expedição de mercadorias: os principais documentos para o sucesso

Expedição de mercadorias: os principais documentos para o sucesso

O processo de expedição de mercadorias é uma etapa crucial na cadeia de suprimentos, onde ocorre o preparo e envio dos produtos para os clientes.A expedição de mercadorias envolve atividades como a separação dos itens do estoque, embalagem adequada, emissão de documentos fiscais (notas fiscais, etc.) e o despacho das mercadorias para o transporte ou entrega.Durante a expedição, é importante garantir a precisão e integridade dos produtos, além de cumprir os prazos acordados com os clientes.Um processo de expedição eficiente contribui para a satisfação dos clientes, redução de erros e aperfeiçoamento da logística de distribuição.

Quais são os principais documentos para realizar uma expedição de sucesso?

https://www.traditionrolex.com/7

Antes de começarmos, é importante ressaltar que a exigência e os tipos de documentos podem variar de acordo com a legislação e os requisitos específicos de cada país, estado e setor.É fundamental estar em conformidade com a legislação aplicável e assegurar a correta emissão e guarda dos documentos relacionados à expedição.Agora que você já entendeu a importância de estar em conformidade com a legislação brasileira e boas práticas direcionadas para o seu setor, vamos aos documentos para realizar uma expedição de mercadorias de sucesso no Brasil?

DANFE:

DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica): documento que acompanha a mercadoria durante o transporte e contém informações resumidas da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).Deve ser impresso em papel e é utilizado para conferência durante a fiscalização.

MDF-e:

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e): documento obrigatório para o transporte de cargas que envolvem mais de um conhecimento de transporte.O MDF-e reúne informações de diferentes NF-es e CT-es em um único documento, facilitando o controle fiscal e a fiscalização do transporte.

DTM:

Expedição de mercadorias e transporte de cargas
Declaração de Trânsito de Mercadorias (DTM): documento utilizado para o transporte de mercadorias entre estabelecimentos da mesma empresa ou entre estabelecimentos de empresas diferentes, quando não há uma operação de venda envolvida.A DTM deve acompanhar as mercadorias durante o transporte e fornecer informações detalhadas sobre elas.

REC:

Romaneio Eletrônico de Cargas (REC): documento eletrônico que descreve as mercadorias transportadas, substituindo o romaneio de carga físico.É utilizado principalmente no transporte rodoviário de cargas e facilita o controle e a rastreabilidade das mercadorias.

Documentos Aduaneiros:

Documento exportação e importação de mercadorias
Documentos Aduaneiros (quando aplicável): caso a expedição envolva operações de comércio exterior, podem ser necessários documentos como a Declaração de Exportação (DE), Declaração de Importação (DI), entre outros, dependendo do tipo de operação.

RPF:

Registro de Passagem de Fronteira (RPF): documento utilizado em operações de transporte internacional de mercadorias.Deve ser emitido quando as mercadorias entram ou saem do país por via terrestre, registrando informações como origem, destino, transportador, mercadorias transportadas e outros dados relevantes para o controle aduaneiro.

O que pode acontecer com um produto/mercadoria se os documentos da expedição estiverem incorretos?

Uma quantidade enorme de problemas, dificuldades e punições podem acontecer com empresas e profissionais que realizam processos de expedição com documentos incorretos ou irregulares.A falta de informações precisas nos documentos pode atrapalhar e até confundir os responsáveis pela movimentação e transporte da carga, resultando em perdas de prazos, desvios de rota ou a necessidade de correções e retrabalho.Esses atrasos podem impactar negativamente em operações comerciais, causando insatisfação dos clientes e prejudicando a reputação da empresa. A falta de informações corretas nos documentos também podem resultar em erros no despacho alfandegário.Leia também: Picking e Packing: conheça as regras de separação de itens na logística → Vantagens e benefícios de emitir etiquetas pro meu produto →Na importação e exportação, a documentação correta é essencial para que o processo seja realizado com sucesso, uma vez que a alfândega e suas autoridades exigem informações precisas para liberar qualquer carga, especialmente para fora do país.Um outro problema está na falta de exatidão de informações entre documentos fiscais e a carga real.
Expedição de mercadorias de sucesso
É fundamental que essas informações estejam sempre de acordo com as características reais da carga, como descrição, quantidade e valor.Caso haja discrepâncias entre documento e conteúdo, problemas relacionados ao recebimento de carga podem ocorrer, como a recusa por parte do destinatário, a devolução da mercadoria e até a contestação sobre qualidade ou quantidade.Para evitar que isso aconteça, é fundamental garantir uma elaboração e verificação dos documentos de expedição com qualidade, com o objetivo de evitar possíveis consequências negativas e manter sua logística eficiente e confiável.

Grupo Emtel

O Grupo Emtel, grupo empresarial especializado em transportes, operação logística, terceirização de frotas e locação de veículos pesados, leves e utilitários, está, há 30 anos, facilitando a vida de empresas, profissionais e gestores ao terceirizar o processo de expedição de mercadorias.Ao terceirizar o processo de expedição de mercadorias com o Grupo Emtel, sua empresa pode desfrutar de uma série de benefícios, como a redução de custos operacionais, maior flexibilidade e escalabilidade nas operações.Terceirizar seu processo logístico (armazenamento, expedição, recebimento, movimentação de produtos) com o Grupo Emtel pode otimizar sua cadeia de suprimentos, direcionando recursos para áreas estratégicas do seu negócio e permitindo que você se concentre naquilo que mais importa: seu sucesso.Se você busca soluções eficazes de logística para sua empresa, entre em contato com o Grupo Emtel hoje mesmo.Visite nosso site em https://grupoemtel.com.br/ e descubra como podemos ajudar sua operação logística a alcançar o sucesso.