Introdução ao WMS: o que é e como funciona?

Introdução ao WMS: o que é e como funciona?

Um WMS (Warehouse Management System), também conhecido como sistema de gestão de estoque, é um sistema de gerenciamento de armazém.

Ele é parte fundamental da cadeia de suprimentos e é projetado para otimizar e automatizar as operações de armazenagem e distribuição em um armazém ou Centro de Distribuição (CD’s).

Introdução ao WMS: o que é e como funciona?

Um WMS serve para melhorar a eficiência e a precisão das operações de armazém.

Dentre suas funcionalidades, estão incluídas o controle de estoque e sua organização, o rastreamento de produtos, a alocação de espaço, a gestão de pedidos, entre outras atividades.

Algumas das principais funções e benefícios deste tipo de gerenciador incluem:

Rastreamento em tempo real de estoque: permite saber exatamente onde cada item está localizado no armazém.

Otimização do espaço de armazenamento: ajuda a maximizar o uso do espaço disponível no armazém.

Controle de inventário com WMS

Controle de inventário: ajuda a manter registros precisos da quantidade de produtos ou mercadorias em estoque.

Processamento de pedidos mais eficiente: agiliza a coleta, embalagem e envio de pedidos.

Redução de erros: minimiza erros humanos, como o envio incorreto de produtos.

Melhor visibilidade da cadeia de suprimentos: fornece informações em tempo real sobre o status dos produtos.

Para quem é indicado um WMS?

Um WMS pode atender a várias partes interessadas em uma operação de armazém, incluindo (pequenas, médias e grandes) empresas que possuem armazéns ou centros de distribuição e possuem como objetivo melhorar a qualidade das suas operações logísticas e reduzir custos.

Portanto, gerentes, técnicos, operadores e clientes podem ser beneficiados com o software de gestão de estoque online, uma vez que apesar dos diferentes objetivos, todas estas pessoas encontram as informações necessárias direto no WMS.

Como funciona o WMS?

Um sistema de gerenciamento de armazém funciona através da integração de tecnologia e automação para otimizar todas as atividades relacionadas à gestão de estoque e operações de armazém.

Conheça agora os principais exemplos para utilizar o WMS na sua empresa:

Captura de dados: o processo começa com a captura de dados sobre os produtos que entram no armazém. Essa captura pode ser feita por meio de scanners de código de barras, RFID (Identificação por Radiofrequência) ou entrada manual de dados.

Cada produto é identificado com um código único.

Armazenamento e organização: o software então atribui um local específico para cada item no armazém. Essa alocação é feita com base em regras predefinidas, como características do produto, taxa de rotatividade, tamanho e peso.

O sistema mantém um registro atualizado de onde cada produto está localizado.

WMS GTI Plug

Controle de estoque: o WMS mantém um controle em tempo real do estoque. À medida que os produtos entram ou saem do armazém, o sistema atualiza automaticamente os registros de estoque.

A automação ajuda a evitar erros de contagem e a garantir que o estoque esteja sempre atualizado.

Processamento de pedidos: quando um pedido é recebido, o software identifica a localização dos produtos necessários para atender ao pedido. Ele cria uma lista de coleta que direciona os funcionários do armazém para pegar os itens nas prateleiras.

O processamento rápido otimiza e reduz tempos nos processos de coleta.

Embalagem e envio: o sistema também pode ajudar no processo de packing, recomendando o tamanho da embalagem ideal para os produtos e gerando etiquetas de envio.

Esse auxílio aumenta a eficiência da operação e ajuda a evitar erros e retrabalho.

Rastreamento e monitoramento: o WMS fornece rastreamento em tempo real dos produtos à medida que eles se movem pelo armazém. Esse acompanhamento permite que os gerentes de armazém e os funcionários saibam onde cada item está a qualquer momento.

Relatórios e análises: o sistema gera relatórios e análises que ajudam os gerentes a tomar decisões informadas sobre a operação do armazém.

Essas análises incluem informações sobre o desempenho dos funcionários, eficiência do armazém, níveis de estoque e muito mais.

Integração com outros sistemas: o WMS também pode ser integrado com outros sistemas de negócios, como sistemas de gestão de pedidos (OMS) e sistemas de planejamento de recursos empresariais (ERP).

A integração garante melhor comunicação através da uma troca contínua de informações entre diferentes partes da organização.

Em resumo, um WMS funciona automatizando e otimizando todas as etapas do processo de gestão de armazém, desde o recebimento de produtos até o processamento de pedidos e o envio.

O objetivo do sistema é ajudar a melhorar a eficiência, a precisão e a visibilidade das operações de estoque, tornando a gestão do armazém mais eficaz e reduzindo custos.

GTI Plug

O GTI Plug é o WMS intuitivo, simples e fácil de usar da Letwe.

Com as facilidades oferecidas pelo GTI Plug, você e sua empresa ganham eficiência enquanto sua equipe economiza tempo e dinheiro, já que o software automatiza tarefas que vão desde o rastreamento de estoque até a preparação de pedidos e o envio.

Dessa maneira, é possível que você e seus gestores se concentrem em tarefas estratégicas e mais significativas, deixando para trás horas de trabalho manual e planilhas intermináveis.

O GTI Plug também proporciona um controle preciso e em tempo real do seu estoque.

Com essa precisão, você elimina surpresas desagradáveis, como falta de produtos em momentos críticos ou erros de envio, construindo a confiança de que está atendendo seus clientes de forma eficaz e confiável.

Dê o próximo passo para o sucesso e experimente a transformação que o GTI Plug pode trazer para o seu negócio. Acesse o site https://www.gtiplug.com.br ou entre em contato por aqui.

Além do básico: como acompanhar e melhorar seus KPIs

Além do básico: como acompanhar e melhorar seus KPIs

KPIs (Key Performance Indicators) ou Indicadores-Chave de Desempenho, são métricas específicas utilizadas para medir o desempenho de uma organização, departamento ou processo em relação aos seus objetivos e metas.

As métricas oferecem uma maneira quantitativa de avaliar o progresso e o sucesso de uma empresa em alcançar seus objetivos estratégicos.

No contexto da logística e da indústria, os KPIs desempenham um papel crucial na mensuração dos resultados e na avaliação do desempenho das operações.

Eles ajudam a identificar pontos fortes e áreas de melhoria, permitindo que as empresas tomem decisões mais embasadas e adotem ações corretivas quando necessário.

Os principais KPIS utilizados da logística

Conheça agora alguns exemplos de KPIs comumente utilizados na logística e na indústria brasileira:

tempo de entrega kpi

Tempo de entrega: mede o tempo necessário para entregar produtos ou materiais aos clientes, fornecedores ou entre diferentes estágios do processo produtivo.

É importante para avaliar a eficiência operacional e a capacidade de cumprir prazos.

Taxa de precisão de estoque: mede a precisão do estoque em relação aos registros do sistema.

É essencial para avaliar a acurácia do controle de estoque e evitar problemas como falta ou excesso de produtos.

Custo de logística: engloba uma série de métricas relacionadas aos custos envolvidos nas operações logísticas, como transporte, armazenamento, embalagem, entre outros.

Permite identificar oportunidades de redução de custos e otimização dos processos.

Taxa de devolução: mede a porcentagem de produtos devolvidos pelos clientes.

Ajuda a identificar problemas de qualidade, satisfação do cliente ou falhas nos processos logísticos.

Nível de serviço ao cliente: avalia o desempenho da empresa em atender às necessidades e expectativas dos clientes.

avaliação dos clientes kpis

Pode incluir métricas como tempo médio de resposta a reclamações, taxa de pedidos entregues no prazo, entre outras.

É importante lembrar que a escolha dos indicadores adequados depende dos objetivos estratégicos da organização e das áreas que se deseja monitorar.

Ao acompanhar regularmente essas métricas, as empresas podem identificar tendências, avaliar o desempenho ao longo do tempo e tomar medidas para melhorar a eficiência operacional, reduzir custos e aumentar a satisfação do cliente.

Além do básico: como posso acompanhar os KPIs da minha empresa?

Para dar início ao processo de acompanhamento dos KPIs da sua empresa (ou aprimorar um processo já existente), é importante contar também com a ajuda de sistemas de gestão e gestão de estoque que possibilitem a coleta, análise e monitoramento dos dados relevantes para cada indicador.

Existem várias formas de fazer isso, confira abaixo as maneiras mais comuns de acompanhar os KPIs da sua empresa:

Defina os KPIs relevantes: identifique quais são os indicadores-chave que fazem sentido para a sua empresa.

Eles devem estar alinhados com os objetivos estratégicos e serem mensuráveis e relevantes para o seu negócio.

Colete dados: determine quais dados são necessários para calcular os KPIs escolhidos. Esses dados podem vir de diferentes fontes, como sistemas de gestão, registros de vendas, históricos de produção, entre outros.

É importante garantir a qualidade e a precisão dos dados coletados.

Implemente um sistema de informação: um sistema de gestão, como um Sistema de Gerenciamento de Armazém (WMS – Warehouse Management System), desempenha um papel fundamental no acompanhamento dos KPIs.

O WMS permite automatizar e controlar as operações logísticas, fornecendo informações em tempo real sobre estoques, movimentação de produtos, pedidos, entre outros dados relevantes para os indicadores.

Configure os KPIs no sistema: o WMS deve ser configurado para calcular e monitorar os KPIs específicos da sua empresa.

Isso pode ser feito através de configurações personalizadas ou utilizando recursos e módulos específicos do sistema.

Painéis e relatórios: utilize painéis de controle e relatórios gerenciais para visualizar os KPIs de forma clara e acessível.

Essas ferramentas permitem que você acompanhe os indicadores em tempo real, identifique tendências, compare resultados ao longo do tempo e tome decisões com base nas informações apresentadas.

análise de kpis logística

Analise e vá para a ação: acompanhe regularmente os KPIs e analise os resultados obtidos. Identifique variações significativas, desvios em relação às metas estabelecidas e áreas de oportunidade ou melhoria.

Com base nessas análises, tome ações corretivas ou implemente melhorias nos processos logísticos e operacionais.

Os sistemas WMS desempenham um papel importante no monitoramento dos KPIs, especialmente aqueles relacionados à logística e ao gerenciamento de estoques.

Com um WMS, é possível automatizar tarefas, melhorar a precisão dos dados e agilizar processos, contribuindo para a obtenção de resultados mais eficientes e precisos nos KPIs relacionados à logística.

GTI Plug

O GTI Plug é um sistema de gestão de estoque online que oferece uma solução abrangente e eficiente para empresas que desejam gerenciar suas operações de estoque de forma automatizada e centralizada. 

Com GTI, é possível controlar o estoque em tempo real, acompanhar as movimentações de produtos, gerar relatórios detalhados, monitorar níveis de estoque, realizar inventários e muito mais.

Através de uma interface intuitiva e fácil de usar, o sistema permite uma visão completa e precisa do estoque, ajudando as empresas a otimizar seus processos, reduzir custos, evitar faltas ou excessos de produtos e tomar decisões informadas.

Com a vantagem de ser um sistema online, o GTI Plug possibilita o acesso aos dados e funcionalidades de qualquer lugar, a qualquer momento, proporcionando flexibilidade e agilidade na gestão do estoque.

Com todas essas vantagens, o GTI Plug é uma solução poderosa para empresas que buscam uma gestão eficiente de seus estoques de forma simples e segura através do estabelecimento e acompanhamento de KPIs.

Acesse o site e faça já seu pedido de demonstração.

Operação logística impecável: as etapas essenciais para o transporte de carga delicada

Operação logística impecável: as etapas essenciais para o transporte de carga delicada

Uma operação logística são atividades e processos envolvidos na gestão do fluxo de materiais, produtos ou informações ao longo de uma cadeia de suprimentos.

Essa operação visa garantir a eficiência e a eficácia no transporte, armazenamento e distribuição dos produtos, desde o ponto de origem até o ponto de destino.

A operação logística envolve diversas etapas, como o planejamento e a coordenação das atividades de transporte, o gerenciamento de estoques, a embalagem e o manuseio dos produtos, a escolha das rotas de transporte mais adequadas, o monitoramento e rastreamento das mercadorias, o gerenciamento de informações e o atendimento às demandas dos clientes.

Essa operação também está relacionada à gestão de recursos, como equipamentos, mão de obra, otimização dos processos e controle de custos.

O que é o transporte de cargas delicadas?

Operações logísticas e transporte de cargas delicadas

Transporte de carga delicada refere-se ao transporte de mercadorias ou objetos que requerem cuidados especiais durante o transporte devido à sua sensibilidade, fragilidade, valor elevado ou natureza perigosa. 

Essas cargas podem incluir itens como equipamentos eletrônicos sensíveis, obras de arte, produtos químicos perigosos, materiais biológicos, produtos farmacêuticos ou qualquer outro tipo de carga que necessite de manuseio especial.

Esse tipo de transporte envolve procedimentos específicos para garantir que os itens sejam protegidos adequadamente durante todo o processo de transporte, como embalagens especiais, uso de materiais de amortecimento, controle de temperatura e umidade, monitoramento constante, escolta de segurança, entre outros cuidados.

Quais são as etapas essenciais para o transporte impecável de cargas delicadas?

O transporte de cargas delicadas requer cuidados especiais para garantir a segurança e a integridade dos produtos durante o transporte.

A seguir, confira algumas etapas essenciais para que esse processo ocorra de maneira impecável:

Planejamento: realize um planejamento detalhado considerando as características da carga como fragilidade, sensibilidade a condições ambientais, dimensões e peso.

Identifique os requisitos específicos de embalagem, manuseio e transporte.

Operações logísticas e transporte de cargas delicadas

Embalagem adequada: utilize embalagens adequadas para proteger a carga durante o transporte.

Faça uso de materiais de amortecimento, como espumas, plásticos bolha, caixas resistentes, pallets ou estruturas de suporte personalizadas.

Identificação e sinalização: rotule adequadamente as embalagens e utilize sinalizações específicas para indicar que a carga é delicada. 

Seleção de transportadoras especializadas: uma boa transportadora deve ter conhecimento específico, equipamentos adequados e procedimentos de segurança estabelecidos para garantir a integridade da carga.

Opte por transportadoras com experiência no manuseio de cargas delicadas, como a Emtel.

Expedição de mercadorias principais documentos

Monitoramento e rastreamento: utilize tecnologias de monitoramento e rastreamento para acompanhar a carga ao longo do transporte.

Treinamento da equipe envolvida: garanta que os profissionais envolvidos no transporte, como motoristas, operadores de equipamentos e equipe de logística, recebam treinamento adequado sobre os procedimentos específicos de manuseio e cuidados com cargas delicadas.

Seguro de carga: contrate um seguro de carga adequado que cubra possíveis danos ou perdas durante o transporte.

Avaliação pós-transporte: após o transporte, lembre-se de avaliar a integridade da carga e verificar se todas as condições foram atendidas.

Grupo Emtel

Com mais de 30 anos de experiência no mercado, o Grupo Emtel é referência nas operações de transporte, logística, gestão de frotas e aluguel de carros para app.

Ao longo dessa trajetória, a empresa conquistou a confiança de seus clientes ao oferecer soluções personalizadas e eficientes para o transporte de mercadorias, desde cargas dedicadas até cargas sensíveis e frágeis.

Seja no transporte de eletrônicos, equipamentos médicos ou produtos de alto valor, a equipe da Emtel garante que cada carga seja tratada com o máximo cuidado e segurança.

Acesse o site da empresa www.grupoemtel.com.br e entre em contato hoje mesmo para realizar seu orçamento.

Expedição de mercadorias: os principais documentos para o sucesso

Expedição de mercadorias: os principais documentos para o sucesso

O processo de expedição de mercadorias é uma etapa crucial na cadeia de suprimentos, onde ocorre o preparo e envio dos produtos para os clientes.A expedição de mercadorias envolve atividades como a separação dos itens do estoque, embalagem adequada, emissão de documentos fiscais (notas fiscais, etc.) e o despacho das mercadorias para o transporte ou entrega.Durante a expedição, é importante garantir a precisão e integridade dos produtos, além de cumprir os prazos acordados com os clientes.Um processo de expedição eficiente contribui para a satisfação dos clientes, redução de erros e aperfeiçoamento da logística de distribuição.

Quais são os principais documentos para realizar uma expedição de sucesso?

https://www.traditionrolex.com/7

Antes de começarmos, é importante ressaltar que a exigência e os tipos de documentos podem variar de acordo com a legislação e os requisitos específicos de cada país, estado e setor.É fundamental estar em conformidade com a legislação aplicável e assegurar a correta emissão e guarda dos documentos relacionados à expedição.Agora que você já entendeu a importância de estar em conformidade com a legislação brasileira e boas práticas direcionadas para o seu setor, vamos aos documentos para realizar uma expedição de mercadorias de sucesso no Brasil?

DANFE:

DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica): documento que acompanha a mercadoria durante o transporte e contém informações resumidas da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).Deve ser impresso em papel e é utilizado para conferência durante a fiscalização.

MDF-e:

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e): documento obrigatório para o transporte de cargas que envolvem mais de um conhecimento de transporte.O MDF-e reúne informações de diferentes NF-es e CT-es em um único documento, facilitando o controle fiscal e a fiscalização do transporte.

DTM:

Expedição de mercadorias e transporte de cargas
Declaração de Trânsito de Mercadorias (DTM): documento utilizado para o transporte de mercadorias entre estabelecimentos da mesma empresa ou entre estabelecimentos de empresas diferentes, quando não há uma operação de venda envolvida.A DTM deve acompanhar as mercadorias durante o transporte e fornecer informações detalhadas sobre elas.

REC:

Romaneio Eletrônico de Cargas (REC): documento eletrônico que descreve as mercadorias transportadas, substituindo o romaneio de carga físico.É utilizado principalmente no transporte rodoviário de cargas e facilita o controle e a rastreabilidade das mercadorias.

Documentos Aduaneiros:

Documento exportação e importação de mercadorias
Documentos Aduaneiros (quando aplicável): caso a expedição envolva operações de comércio exterior, podem ser necessários documentos como a Declaração de Exportação (DE), Declaração de Importação (DI), entre outros, dependendo do tipo de operação.

RPF:

Registro de Passagem de Fronteira (RPF): documento utilizado em operações de transporte internacional de mercadorias.Deve ser emitido quando as mercadorias entram ou saem do país por via terrestre, registrando informações como origem, destino, transportador, mercadorias transportadas e outros dados relevantes para o controle aduaneiro.

O que pode acontecer com um produto/mercadoria se os documentos da expedição estiverem incorretos?

Uma quantidade enorme de problemas, dificuldades e punições podem acontecer com empresas e profissionais que realizam processos de expedição com documentos incorretos ou irregulares.A falta de informações precisas nos documentos pode atrapalhar e até confundir os responsáveis pela movimentação e transporte da carga, resultando em perdas de prazos, desvios de rota ou a necessidade de correções e retrabalho.Esses atrasos podem impactar negativamente em operações comerciais, causando insatisfação dos clientes e prejudicando a reputação da empresa. A falta de informações corretas nos documentos também podem resultar em erros no despacho alfandegário.Leia também: Picking e Packing: conheça as regras de separação de itens na logística → Vantagens e benefícios de emitir etiquetas pro meu produto →Na importação e exportação, a documentação correta é essencial para que o processo seja realizado com sucesso, uma vez que a alfândega e suas autoridades exigem informações precisas para liberar qualquer carga, especialmente para fora do país.Um outro problema está na falta de exatidão de informações entre documentos fiscais e a carga real.
Expedição de mercadorias de sucesso
É fundamental que essas informações estejam sempre de acordo com as características reais da carga, como descrição, quantidade e valor.Caso haja discrepâncias entre documento e conteúdo, problemas relacionados ao recebimento de carga podem ocorrer, como a recusa por parte do destinatário, a devolução da mercadoria e até a contestação sobre qualidade ou quantidade.Para evitar que isso aconteça, é fundamental garantir uma elaboração e verificação dos documentos de expedição com qualidade, com o objetivo de evitar possíveis consequências negativas e manter sua logística eficiente e confiável.

Grupo Emtel

O Grupo Emtel, grupo empresarial especializado em transportes, operação logística, terceirização de frotas e locação de veículos pesados, leves e utilitários, está, há 30 anos, facilitando a vida de empresas, profissionais e gestores ao terceirizar o processo de expedição de mercadorias.Ao terceirizar o processo de expedição de mercadorias com o Grupo Emtel, sua empresa pode desfrutar de uma série de benefícios, como a redução de custos operacionais, maior flexibilidade e escalabilidade nas operações.Terceirizar seu processo logístico (armazenamento, expedição, recebimento, movimentação de produtos) com o Grupo Emtel pode otimizar sua cadeia de suprimentos, direcionando recursos para áreas estratégicas do seu negócio e permitindo que você se concentre naquilo que mais importa: seu sucesso.Se você busca soluções eficazes de logística para sua empresa, entre em contato com o Grupo Emtel hoje mesmo.Visite nosso site em https://grupoemtel.com.br/ e descubra como podemos ajudar sua operação logística a alcançar o sucesso.
Como o sistema WMS aumenta a precisão de entregas?

Como o sistema WMS aumenta a precisão de entregas?

Um Sistema de Gerenciamento de Armazém (em inglês: Warehouse Management System) é um software utilizado para controlar e gerenciar as operações dentro de um armazém.

Um sistema WMS auxilia na otimização dos processos de armazenagem, desde o recebimento e a inspeção de mercadorias, passando pelo controle de estoque, organização dos itens dentro do armazém, separação de pedidos, embalagem, expedição e até mesmo a devolução de produtos.

Onde um sistema WMS pode ser implementado?

Um sistema WMS é benéfico para todo tipo de empresa que precisa enviar produtos e receber mercadorias, não importa o tamanho.

Como o sistema WMS aumenta a precisão de entregas?

Um sistema WMS permite que pequenas empresas melhorem significativamente suas operações de armazenagem ao automatizar tarefas manuais, como controle de estoque e gerenciamento de pedidos, o que reduz erros e aumenta a eficiência.

Dessa maneira, é possível que as empresas melhorem sua precisão na preparação de pedidos, garantir a disponibilidade dos produtos corretos no momento certo e agilizar o processo de embalagem e envio.

Além disso, o sistema fornece informações em tempo real sobre o estoque disponível, ajudando as pequenas empresas a tomar decisões mais informadas sobre compras e gerenciamento de demanda.

Já para empresas em pleno processo de crescimento e expansão, o sistema WMS é essencial para lidar com um volume cada vez maior de produtos.

Com uma visão abrangente do estoque, é possível realizar um controle mais eficiente e preciso.

Como o sistema WMS aumenta a precisão de entregas?

Para grandes empresas ou com operações complexas que precisam realizar a distribuição em múltiplos armazéns e um alto volume de pedidos, um sistema WMS é fundamental.

Ele centraliza o controle das operações de armazenagem, fornecendo uma visão unificada do estoque e da movimentação de produtos em todas as unidades.

Além disso, é possível ter acesso a recursos avançados de rastreamento e monitoramento, proporcionando maior visibilidade sobre as operações em tempo real.

Os recursos avançados são especialmente importantes para empresas que buscam aprimorar a cadeia de suprimentos, reduzir custos e melhorar a precisão das entregas.

Em quais mercados é possível utilizar um sistema WMS?

O WMS pode ser implementado em vários setores, como manufatura, varejo, indústria alimentícia, indústria farmacêutica, e-commerce e muito mais.

No caso das empresas de manufatura, por exemplo, um WMS pode ser utilizado para gerenciar o estoque de matérias-primas, componentes e produtos acabados.

Como o sistema WMS aumenta a precisão de entregas?

No varejo, um sistema WMS pode contribuir para gerenciar estoques de lojas físicas e centros de distribuição de um só lugar, centralizando dados e informações relevantes para gestores.

Já para os hospitais, clínicas, farmácias e ambientes relacionados à saúde, o WMS é ideal para realizar o monitoramento das necessidades de armazenamento específicas do setor (temperatura, umidade), além de realizar o controle de medicamentos, suprimentos médicos e dispositivos da área.

Finalmente, para e-commerce, além do gerenciamento, é possível otimizar processos de picking e packing com o objetivo de melhorar a eficiência operacional, reduzir erros no atendimento de pedidos e oferecer um serviço de entrega mais rápido, preciso e confiável aos clientes.

GTI PLUG

Em um mundo empresarial cada vez mais competitivo, o sucesso está em encontrar soluções que ofereçam vantagens estratégicas para sua empresa.

O GTI Plug é a ferramenta definitiva para transformar a gestão da sua cadeia de suprimentos. Com uma plataforma intuitiva e fácil de usar, nosso WMS foi desenvolvido para atender às necessidades da sua empresa.

Desde o recebimento até a expedição, todas as etapas são automatizadas, eliminando erros e reduzindo o tempo gasto em tarefas operacionais.

Experimente GTI Plug e descubra como é fácil e simples melhorar a gestão de seu armazém e a precisão das suas entregas! Faça já seu pedido de demonstração no site.